Ando vendo por aí

O que acho dessa teoria maluca dos Astronautas do Passado

ver post

Minha viagem pra Disney, em 2013

ver post

O Reino Proibido

O Reino Proibido é o filme do Jack Chan junto com Jet Lee. Na verdade eu achei que os dois seriam, tipo, vilão e mocinho, mas aí 5 minutos depois de começar a ver, pensei que não teria ponto em ter os dois lutando um contra o outro o tempo todo, simplesmente porque… quem é que iria perder? Quem iria ganhar? Não dá.

Minha opinião é que Jack ganharia. Gosto mais dele =P

Mas é uma luta injusta. Eles, de fato, lutam um contra o outro, mas só uma vez, e a luta é muito boa!

O filme conta a história de um garoto que foi destinado a levar o instrumento de luta (um bastão) de volta ao passado para seu verdadeiro dono (Jet Lee). Esse garoto é branco, americano e viciado em filme de Kung Fu. Mas não sabe lutar porcaria nenhuma. Ele sempre aluga filmes na velha locadora de vídeos de um velhote lá. Lá dentro ele encontra o tal bastão e volta no tempo pra poder devolver pro seu verdadeiro dono, que está petrificado devido a uma luta injusta que ele teve com um imperador. Eles não podem morrer porque são imortais. No meio do caminho ele se encontra com o Jack, que o salva, e uma outra garota. Mais tarde ele se encontra com o segundo personagem interpretado por Jet Lee e os quatro seguem a jornada para devolver o bastão para o imortal petrificado. No intervalo disso, Jack e Jet vão ensinar um pouco de Kung Fu pro moleque.

Os efeitos são bem legais também.

E, essa agora é um mistério, eu gostei do final. É muito difícil eu gostar dos finais dos filmes. Lembro que assisti a Homem de Família, com Nicolas Cage e fiquei pensando “Que porra foi essa?” no finalzinho.  Mas esse foi até que bacaninha.

Nota 8! Amo o Jack Chan, e Jack Chan lutando bêbado é melhor ainda! Mais caps do filme? Clique aqui!