Ando vendo por aí

O que acho dessa teoria maluca dos Astronautas do Passado

ver post

Par Perfeito (Killers)

Falaê, galera! Depois de todo esse tempo ausente (uma palavra bonita pra ‘trabalhando muito e com muita preguiça nas horas vagas”), eu voltei. Mas voltei pra descer a lenha nesse filme… sinceramente… como é que um filme com Ashton Kutcher e Katherine Heigl poderia ficar tão ruim!

HOLY MOTHER OF GOD.

Ok, vamos começar do começo: Spencer (Kutcher) é um agente da CIA, contratado pra matar. Ele vai à Paris para completar um desses objetivos e lá encontra Jen (Kath) e instantaneamente se apaixona por ela (aham, Claudia, senta lá). Eles se casam e ele larga o emprego de matador. 3 anos depois alguém tenta matá-lo e Jen descobre o passado de Spencer.

Ok… tinha até pano pra manga pra ficar maneiro, mas NÃO É!

Atenção, depois do corte tem muito SPOILER e muitas CAPS.

PS: créditos ao meu blog se for usar os caps, please 😉

O filme começa mostrando Jen sentada num avião conversando com os pais, que dizem que o namoro dela acabou porque ela tem muitas regras e frescuras sobre tudo. Próxima cena entra o Spencer numa Ferrari fodona indo concluir sua missão… eu não sei vocês, mas se você é um assassino, geralmente quer ficar em LOW PROFILE, né? Não sair por aí dirigindo à toda numa Ferrari, enquanto persegue um helicóptero(!)… enfim!, próxima parte:

Olha o naipe do bandido: HUIAHIAHUIA Bandido este que não faz PORRA NENHUMA no filme.

PS: Richard, is that you? haihaiuhuia Fãs de FRIENDS entenderão. Same old mustache.

Sabe qual a melhor parte do filme?… essa sequencia aí embaixo, por motivos óbvios.

Olha só que hotel fraco (se isso for 3D eu vou ficar muito decepcionada com Paris!):

E continuando a sequencia ABSOLUTA:

Pois é. Tem mais outras cenas assim com esse teor e acaba aí. Porque eu não ri nenhuma vez! E, se não fosse esse post, nem terminaria de ver o filme! ARGH.

Não vou dissecar muito o filme, porque ele não merece! Depois desse encontro no elevador, eles saem pra comer e pronto. LOVE HAPPENS. A história é bem desencontrada e às vezes sem nexo. Não tem nada de suspense, nem de engraçado, nem de ação. Você não sente o filme passar, ele se arrasta que nem um zumbi na sua frente. É até esquisito, gente.

Algumas coisa bizonhas: Spencer deixa tudo por Jen, mesmo tendo acabado de conhecê-la. Chega um momento do filme onde praticamente todo mundo tá tentando matar o Spencer (e não tem suspense haha). A Jen aprende a manusear armas como um toque de mágica (baaaaby) e vira a fodona de uma hora pra outra Oo. Os assassinos são meio DUMBASSES. Outra coisa que eu não entendi… os vizinhos são espiões… por que diabos esperaram 3 anos pra agir? WTF?

Então a gente descobre que o motivo pelo qual eles querem matar Spencer é uó! UÓ DO BOROGODÓ. Olha só quem mandou:

¬¬’   Are you serious, my boy?

E o pior é que o pai da Jen acaba matando os caras que ele mesmo contratou pra matar o Spencer. PORRA! QUE ROTEIRO É ESSE?

E o Usher, hein? Gosto das covinhas dele.

Ok, mas pra ilustrar mais o filme, vou acrescentar uns prints legais.

E essa referência a Friends também? Você não lembra automaticamente do Chandler quando vê isso?

Até a próxima, people! Aliás, quem quiser me seguir, também estou no Tumblr.

  • Lane

    Detalhe nos prints legais: Só foto de Ashton *-*
    Deus reunio toda beleza no mundo e pois em um homem só. e eu não toô exagerando nem um poquinho.

    Milena: Lane, o filme é uma bosta.
    Lane: Mas Mila, tem Ash.
    Milena: Não tem ação nenhuma, Lane
    Lane: Mas mila, tem Ash (L)
    Milena: Porra, nem comédia tem. Ação, suspense. Nada!
    Lane: Mas Mila… Tem Ash *-*
    Milena: é… o filme é legalzinho.

    aushuashuashuashaushaushaushuashuashuashuashuahsuahsuahsuas

    foi ou não foi??? Oo’ run???? =P

  • Fernanda

    Eu também odiei esse filme!!!!
    Sabe eu achava que ia ser uma mistura de “A Verdade Nua e Crua” com “Duro de Matar”, mas quando eu ento no cinema e começo a ver essa coisa tosca é que eu começo a pensar em quais fins melhores eu podia ter dado ao dinheiro que gastei no ingresso.
    Além, de ser praticamente um crime colocarem dois atores super talentosos como eles (mais o Usher) em um filme tão ruim, é esse roteiro completamente tosco e sem sentido. O pai dela mandaram matar o Ash??? Coisa sem-noção!